Diamante

Descrição: O diamante é uma gema preciosa composta exclusivamente de carbono, pertencente ao grupo dos elementos nativos. Sua estrutura cristalina é cúbica, conferindo-lhe uma das mais altas durezas naturais conhecidas. A combinação de sua beleza e durabilidade o torna uma das pedras preciosas mais cobiçadas e valiosas do mundo. Devido à sua dureza excepcional, o diamante é usado em aplicações industriais, como na fabricação de ferramentas de corte e perfuração, além de ser amplamente utilizado em joalheria para criar adornos luxuosos e valiosos. A cor do diamante pode variar, apresentando uma ampla gama de tonalidades, desde incolores até diversos matizes coloridos, como azul, amarelo, rosa e verde. Diamantes de cores raras e intensas são extremamente valorizados no mercado. A formação natural do diamante ocorre sob altas pressões e temperaturas, profundamente nas camadas da Terra, em condições geológicas especiais. Ocorrências mais antigas podem ser encontradas em rochas kimberlíticas e lamprófiticas, bem como em depósitos aluviais. A descoberta do diamante remonta a tempos antigos, mas sua descrição detalhada ocorreu posteriormente, tornando-se objeto de fascínio e desejo em diferentes culturas ao longo da história.

Propriedades Físicas:

Cor: Laranja, Vermelho, Verde, Marrom, Branco, Amarelo, Azul claro, Incolor, Preto, Rosa, Amarelo claro, Amarelo escuro.

Clivagem: Perfeita.

Brilho: Adamantino, gorduroso.

Diafaneidade: Transparente a translúcido.

Sistema: Isométrico.

Classe cristalográfica: Hexaoctaédrica.

Dureza: 10,0.

Fratura: Conchoidal.

Propriedades Químicas:

Classe: Elementos nativos.

Fórmula: (C).

Elementos listados: Apenas (C).

Copyright © 2023 Luís Fernando Silva. Todos os direitos reservados.